Próteses Mamárias/ Mamoplastia de Aumento

Home / Tratamentos / Corporais / Próteses Mamárias/ Mamoplastia de Aumento
Em números, pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, esta é a cirurgia plástica mais realizada pelas mulheres no Brasil. Ela consiste no posicionamento de implantes de silicone atrás das glândulas mamárias com o objetivo de aumentar o volume e melhorar a forma e consistência dos seios.
Dentre as causas de insatisfações das mulheres temos: o não desenvolvimento das glândulas mamárias durante a adolescência; diferenças entre uma mama e outra; emagrecimento acentuado ou a diminuição dos seus volumes após a amamentação.
As cicatrizea para a introdução dos implantes são mínimas, podendo ser posicionadas nos sulcos abaixo das mamas (infra- mamária), no contorno inferior das aréolas (periareolar) ou nas axilas (axilar).
Hoje, os implantes são constituídos de gel de silicone coeso. Com tecnologia em sua superficie, alguns são considerados “vitalicios”, nao havendo a necessidade de troca em 7 a 10 anos. Existem várias formas, revestimentos e volumes, sendo a escolha do implante um processo individualizado junto com seu cirurgião plástico. Ele irá considerar a largura do seu tórax, quantidade de tecido mamário já existente, quantidade de pele, sua altura e o seu desejo final de volume a ser alcançado.
É importante ressaltar que a introdução de implantes mamários não causa inconvenientes para a realização de exames futuros como ultrassom ou mamografia e também não impede futuras lactações caso a paciente venha a engravidar.