Laser vaginal – O que é e como funciona esse tratamento?

Laser vaginal – O que é e como funciona esse tratamento?

A saúde e a estética da região íntima da mulher são fatores de grande importância para sua autoestima e, por isso, são bastante interessantes e populares os tratamentos que visam deixá-la mais segura e confiante, como é o caso dos tratamentos realizados com laser vaginal.

Utilizado para uma grande variedade de situações que causam desconforto e constrangimento à mulher, como cicatrizes, flacidez, dentre outros, o rejuvenescimento vaginal através do uso de laser é uma nova técnica a favor da saúde e da autoestima feminina.

Explicamos agora o que é esse procedimento, quais são as principais situações de uso do tratamento com laser vaginal e também como funciona o procedimento de rejuvenescimento vaginal a laser. Confira!

O que é laser vaginal ou rejuvenescimento vaginal com laser?

Desenvolvido com foco em melhorar a autopercepção da mulher a respeito da região vaginal e também para o tratamento de problemas como incontinência urinária de esforço, atrofia vaginal e para o relaxamento vaginal, o tratamento com laser vaginal, também conhecido por rejuvenescimento vaginal com laser, é uma forma moderna e menos invasiva de tratar esses problemas.

Diferentemente de técnicas mais antigas, que exigiam incisões, anestesias gerais e outros procedimentos médicos, o laser vaginal é menos invasivo, exige apenas anestesia tópica ou local e apresenta recuperação muito mais rápida para a mulher.

Além disso, esse tipo de tratamento pode ser utilizado para uma grande variedade de situações, valendo destacar sempre que sua realização deve se dar após avaliação e recomendação médica, que irá definir quais as melhores abordagens para o tratamento.

Como funciona esse tipo de tratamento?

Com curta duração, que varia de vinte a trinta minutos, e com realização no consultório, sem necessidade de repouso ou afastamento do trabalho, o tratamento com laser vaginal é feito em sessões, sendo que muitas mulheres apresentam percepção de melhoria nos problemas citados logo após a primeira sessão do tratamento.

Primeiramente o laser é aplicado na parte interna da vagina, diretamente no tecido vaginal, por meio de uma ponteira e através de espéculo específico, visando melhorar a hidratação, o controle urinário e o tônus vaginal. Também é possível realizar sua aplicação na região genital externa, visando reduzir a flacidez, melhorar a percepção de textura e coloração dos grandes e pequenos lábios, impactando positivamente na autoestima da paciente.

Quais as principais situações de uso do laser vaginal?

O procedimento de rejuvenescimento vaginal por laser é recomendado para uma grande variedade de situações, indo desde casos de atrofia vaginal, incontinência urinária de esforço até a realização de clareamento íntimo e relaxamento vaginal. Explicamos melhor sua aplicação em cada uma das situações logo abaixo. Confira:

Uso em casos de atrofia vaginal

Em geral, o tratamento com laser vaginal, em nossa clínica , do laser Erbio Fotona ® para casos de atrofia vaginal se dá em mulheres na pós-menopausa ou que passaram por tratamentos de quimioterapia, como no caso de câncer de mama, sendo comum nesses casos queixas de dor ou dificuldade para a prática sexual.

Nesses casos, o laser vaginal é combinado com o tratamento de estrogênio tópico,por curto período de tempo, visando potencializar a ação do laser, em três a quatro sessões, visando tratar de forma mais cuidadosa a mucosa atrofiada, garantindo mais conforto à mulher durante à prática sexual e garantindo mais autoconfiança e aceitação com o próprio corpo.

Incontinência urinária de esforço

O tratamento com laser vaginal também pode ser utilizado para o tratamento de incontinência urinária de esforço, desde que a causa do problema seja mecânica, ou seja, que o problema esteja relacionado à musculatura do assoalho pélvico.

Nesse tipo de situação, é recomendado o tratamento com laser aliado à fisioterapia vaginal, sendo que a literatura médica demonstra percepção de melhora de até 50% já na primeira sessão e da segunda sessão em diante uma melhora que pode chegar a 80%, garantindo mais qualidade de vida para a mulher.

Clareamento íntimo

Uma queixa bastante comum das mulheres é o escurecimento da região genital, podendo ser minimizadas com o uso do laser vaginal. É importante prestar atenção que fatores de escurecimento da pele, como depilação com cera, uso de roupas muito apertadas, a ação hormonal e até mesmo o fototipo da pele da paciente podem dificultar o procedimento.

Nesse caso é realizado pré-tratamento com cremes clareantes, sendo recomendado no pós-tratamento que a paciente evite a exposição solar da área tratada, o uso de roupas apertadas e também a realização de atividades físicas com fricção, como é o caso de corrida ou de bicicleta.

Relaxamento vaginal

Outra indicação do tratamento de laser vaginal é nas situações onde existe queixa de relaxamento ou frouxidão vaginal, tanto em mulheres jovens, mulheres que passaram por parto vaginal ou em mulheres que estão na pós-menopausa.

Nesses casos, o tratamento é feito sem a necessidade do creme de estrogênio prévio, sendo recomendada a fisioterapia ginecológica, que em associação com o tratamento a laser permite que a paciente sinta melhora após sua realização e tenha mais conforto com o corpo.

Quais os procedimentos antes e após o tratamento?

Também é comum que as mulheres tenham dúvidas sobre os procedimentos antes e depois da realização do tratamento de rejuvenescimento vaginal com laser. Explicamos abaixo alguns dos detalhes mais perguntados pelas pacientes e que permitem compreender melhor qual o preparo para o tratamento com laser vaginal. Confira:

Realização de exame ginecológico prévio com papanicolau

Antes da realização do tratamento de rejuvenescimento vaginal com laser, é realizado exame ginecológico prévio, com coleta do papanicolau.

Aplicação de anestésico tópico

O tratamento vaginal com laser é feito com o uso de anestésico tópico, aplicado diretamente na vagina com uso de espéculo descartável. Com isso, não é necessária a utilização de anestésico geral e a mulher pode retornar às atividades normalmente após o tratamento.

Espéculo de metal ou espéculo de vidro

O espéculo utilizado no tratamento com laser vaginal pode ser de metal ou de vidro, de acordo com o tipo de tratamento realizado.

Retorno às atividades

A mulher pode retornar às atividades do dia a dia logo após a realização do tratamento, sem maiores complicações e sem que seja necessário repouso. A atividade sexual e academia com exercícios de agachamento são liberadas após 5 dias do tratamento.

O que você achou de entender mais a respeito do tratamento com laser vaginal e de nossas respostas para as principais dúvidas sobre rejuvenescimento vaginal a laser? Nos acompanhe nas redes sociais pelo Facebook e Instagram e deixe seu comentário abaixo em caso de dúvidas. Conte conosco!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

× Como posso te ajudar?